O 4º Encontro Luso-brasileiro de História da Medicina Tropical e o 2º Simpósio Nacional de História das Doenças e Artes de Curar, organizados pelo Departamento de Medicina Preventiva da Universidade de São Paulo; pelo Centro Interuniversitário de História das Ciências e da Tecnologia (CIUCHT), da Universidade de Lisboa e da Universidade Nova de Lisboa, e pela Casa de Oswaldo Cruz / Fundação Oswaldo Cruz (Rio de Janeiro), serão realizados em São Paulo, Brasil, entre os dias 21 e 24 de junho de 2021, em formato virtual. 

Na sequência das edições anteriores do Encontro Luso-brasileiro de História da Medicina Tropical, realizadas em Lisboa (2012 e 2015), e em Manaus (2018), onde foram discutidos temas como alteridade, o território, a medicina global, as doenças negligenciadas e o ambiente, este evento procura traduzir a atual produção historiográfica e refletir sobre o conceito da "saúde planetária", na sua interface com os objetivos para o desenvolvimento sustentável da agenda 2030, das Nações Unidas, propondo uma abordagem abrangente sobre o tema: saúde planetária e desenvolvimento sustentável.

O evento pretende fortalecer a colaboração entre pesquisadores, possibilitando a discussão transdisciplinar mais alargada sobre os determinantes históricos, sociais e ambientais da medicina à escala planetária, bem como as suas relações com as políticas de saúde e desafios societais, com ênfase nos séculos XX e XXI. Pretende-se, assim, estabelecer um equilíbrio entre as reflexões histográficas e os estudos de caso em diferentes contextos nacionais e internacionais, no sentido de promover análises comparativas mais alargadas que nos permitam refletir sobre o presente pandêmico que nos assiste. 

Comissão Organizadora, 

* A fotografia utilizada no logotipo deste evento pertence ao acervo do Museu Histórico "Prof. Carlos da Silva Lacaz" da FMUSP: Torneira pública em uso. Sistema de abastecimento d'água em Abaetetuba - Ministério da Educação e Saúde, Serviço Especial de Saúde Pública. A arte do logotipo foi criada pelo designer Sérgio Xavier Vasques da Rocha Filho.